Marcelo Oliveira: vítima de Dinamite!

Publicado  segunda-feira, 5 de novembro de 2012


A gestão de Roberto Dinamite conseguiu salvar o Gigante da Colina da aterrorizante (indi)gestão de Eurico Miranda e acabar com um ciclo horrível do clube. Desde então, o Vasco seguiu oscilando a passos lentos de uma reconstrução que nem mesmo Rodrigo Caetano parecia ser capaz de acelerar. No início de 2011, a torcida vascaína chegou a exibir a faixa: "tua imensa torcida quer voltar a ser feliz".

Veio o título da Copa do Brasil e parecia que finalmente as boas intenções do presidente e a competência do diretor haviam emplacado. No final do ano, Dinamite esnobou uma renovação com Caetano, pela qual deveria lutar com unhas e dentes. Assim como deveria ter trabalhado por patrocinadores, melhorias na base (solicitação corriqueira do ex-diretor-executivo, prestes a ser campeão brasileiro pelo Fluminense) e salários em dia.

Com toda essa preguiça e crise política, Marcelo Oliveira, que parecia a aposta ideal para o clube pediu demissão após seis derrotas seguidas. Tudo porque o  Vasco que o contratou não é mais aquele de 2011, que caminhava a passos largos para se consolidar novamente no cenário nacional. Em 2012, mês após mês, aquele time vibrante e brioso foi enfraquecendo e perdendo o brilho mesmo com muita luta.

E sem técnico, diretor e em crise política vai recomeçar do zero em 2013 uma longa caminhada. Tua imensa torcida ainda terá muitos desafios pela frente.

1 comentários: