Todos os gols que Adryan fará!

Publicado  domingo, 1 de julho de 2012


Desde o começo do ano, me preocupo com a pressa da torcida do Flamengo em queimar etapas e ver imediatamente um meio de campo formado por Muralha, Luiz Antônio, Matheus e Adryan. Talvez uma formação dos sonhos, mas improvável de dar certo na altura da maturidade que esses garotos tem hoje.

Boa parte do time campeão da copinha em 2011, era juvenil em 2010. Alguns que subiam da base naquele momento ou participaram daquele grupo e tinham mais idade sequer se firmaram ainda no elenco profissional: Muralha, Diego Maurício (cada vez mais atrapalhando ao invés de ajudar), Luiz Antônio (já jogou em três posições nos profissionais) e Thomás (que desapareceu do banco). Mas muita gente quer o destaque daquele time, Adryan, como titular absoluto.

O camisa dez da base é um jogador talentosíssimo. Já disse várias vezes que é o único jogador da (boa) base rubro-negra que parece ter condições de alcançar o nível de Neymar ou Oscar (o estilo lembra muito o do jogador do Internacional), mas precisa ser trabalhado com calma e ter condições de amadurecer.

Uma boa atuação contra um time que será rebaixado não significa que já possa assumir a dez. A mesma torcida que pede isso, criará um rótulo de "pipoqueiro", "amarelão" e outros adjetivos quando ele sucumbir à marcação de volantes como Ralf e Paulinho ou Pierre e Richarlyson. Ou seja, jogadores mais preparados e do nível dos doze grandes da série A.

Tudo o que Adryan precisa é de paciência e compreensão da torcida. Jovem e jogando em uma posição que consagrou o maior ídolo do clube ele vai jogar mal e errar, como o camisa 11 do Santos já fez. Se a nação rubro-negra não terá paciência nesses momentos que compreenda que 2012 é mais um ano de afirmação do que de consagração para o futuro camisa dez do clube.

2 comentários: