Dorival Jr. & Flamengo? Tudo a ver

Publicado  quarta-feira, 25 de julho de 2012

Mesmo o pior Dorival Jr. (na queda de rendimento do Cruzeiro em 2008 ou no final de sua passagem pelo Internacional) ainda representa uma evolução em relação ao ultrapassado Joel Santana. Mais do que isso: a chegada do técnico representa uma enorme chance para ele e para o clube carioca.

Há dois anos, ele formava o Santástico, formação que privilegiava o melhor do Santos e impressionava o país. De longe, era o melhor time para se assistir ao lado do Barcelona em 2010 (o confronto um ano depois trouxe a equipe espanhola, mas a brasileira já tinha outro esquema bem menos empolgante). O técnico encontrará um cenário semelhante com jovens como Adryan, Luiz Antônio, Matheus e Thomás, mas um degrau abaixo em amadurecimento
em relação à Neymar & cia.

Dorival já mostrou que tem talento, mas está há dois anos de seu melhor momento. Saiu mal do Atlético-MG e não convenceu no Internacional (vale lembrar que já havia quem apostava em seu insucesso após a chegada de Fernandão). Precisa encontrar raízes e provar que pode fazer um trabalho a longo prazo, como teve a chance de fazer no Vasco e no Santos em 2010.

E se Dorival precisa de raízes, o Flamengo precisa de alguém que o ajude a crescer.

Menos politicagem - como trazer um técnico agenciado pelo empresário que financiou a candidatura da presidente - e mais planejamento - como em apostar em um técnico jovem, com um bom número de títulos e enorme vontade em trabalhar. O clube precisa dar tempo e confiar em suas oscilações - Dorival não é infalível e vai ter seus momentos ruins - e ele deve apostar em crescer com a instituição, há três anos distante de seu melhor momento. Joel chegou à uma seleção (a África do Sul em 2008) graças ao seu último grande trabalho justamente no Flamengo.

Se Dorival quiser e o clube lhe der a chance que não deu a Luxemburgo, ele pode alcançar esse patamar. Ou além.

1 comentários: