Demorou, mas Felipão fez do Palmeiras campeão!

Publicado  quinta-feira, 12 de julho de 2012


Desde 2010 no clube, o técnico Luiz Felipe Scolari teve que conviver com times cada vez mais fracos no Parque Antártica e, na medida do possível, manteve o Palmeiras competitivo. Este blogueiro destesta os comentaristas de resultado, mas defendeu e acreditou que o técnico faria do alviverde novamente campeão, mesmo quando ao fim do contrato ele parecia dar sinais de que não conseguiria.

Nesses dois anos, Felipão teve que aturar sempre as últimas opções de seus reforços pretendidos, jogadores geniosos como Valdívia e Kléber que eram sempre adorados pela torcida (sem que haja algum título relevante que justifique isso) e com a VPP (Velha Política Palmeirense). Não dá para negar que o técnico não parece estar em seu melhor momento, mas isso sempre pareceu muito superestimado pela turma do amendoim de sempre. A verdade é que Scolari jamais deixou o panteão dos grandes técnicos brasileiros. Ainda tem muito a dar ao futebol e faz mais diferença do que outros nomes como Dorival Jr. e Vanderlei Luxemburgo.

Contra tudo e contra todos, o técnico deu a sua cara a um time pra lá de limitado e apostou em jogadores que defendiam o que ele defende: dedicação, comprometimento e muito suor. Ter Maikon Leite, tecnicamente o melhor atacante do elenco, como terceira opção é evidência de que o campeão da Copa do Brasil tem a sua cara. Mesmo que ela não seja lá muito bonita ou que muitos reclamem. Para um time há tanto tempo sem um título relevante, pouco importa. Com méritos é mais uma taça para o Palmeiras. E para Felipão.

0 comentários: