Porque RG pode fazer sucesso no Galo. Se quiser...

Publicado  terça-feira, 5 de junho de 2012

Craque da melhor estirpe do "se..." assim como seu xará e outros, Ronaldinho Gaúcho chega a Minas Gerais não com a expectativa de repetir as atuações pelo Barcelona, mas de provar que ainda existe um craque fenomenal naquele corpo. Há um ano eu acreditava piamente nisso e ainda creio, mas tenho mais dúvidas sobre a vontade do jogador em se recuperar.

Apesar dos exageros, o camisa 49 do Galo não fez apenas aquele jogo com a camisa rubro-negra. Jogou bem boa parte do primeiro turno do Brasileiro, em que chegou a superar o incontestável Neymar nas notas de analistas e na liderança do Troféu Armando Nogueira. A partir de problemas salariais com o clube, ele caiu de produção de forma injustificável. É bom repetir: apesar dos atrasos, a queda de Ronaldinho e sua atividade nas baladas fora de campo não se justifica.

Com tudo isso, repetindo essas atuações em dois turnos em um time que não se classifica para a Taça Libertadores há anos e tem tudo para conseguir em 2011 já será muito. Ronaldinho tem tudo para fazer sucesso entre atleticanos porque lá terá uma infraestrutura melhor, uma imprensa com um relacionamento sem tanto desgaste e, talvez, não sofra os mesmos problemas que enfrentou no Rio de Janeiro (é bom lembrar que o Atlético costuma atrasar salários também e tem outros problemas financeiros).

De qualquer forma, o que ele fez no Flamengo em 2011 ainda é pouco para seu talento, mas ele só precisa ser mais regular. E esse é o mais difícil quando se fala em Ronaldinho: ele ainda quer?

4 comentários: