Zagueiro de Leo Rabello faz testes no Fla

Publicado  terça-feira, 7 de fevereiro de 2012

Arthur Sanches, segundo esta nota no Lancenet, foi indicado por Joel Santana. Mas é uma coincidência incrível que o empresário do técnico e um dos patrocinadores da campanha de Patrícia Amorim também seja responsável pela carreira do jogador. O site de Leo Rabello descreve toda sua carreira  e chega até a dizer que ele foi o melhor zagueiro do Rio de Janeiro em 2008, 2009 e 2010, mas em 2008, por exemplo, Fábio Luciano e Thiago Silva dividiram a honraria (ambos jogavam na mesma posição e o ex-zagueiro do Flamengo chegou a dizer que repassaria o prêmio para Ronaldo Angelim, que é quarto-zagueiro). No ano seguinte Ronaldo Angelim e Juninho (então no Botafogo dividiram a honraria) fariam a melhor dupla e, em 2010, Fábio Ferreira (Botafogo) e Thiago Martinelli (Vasco) ocupariam a função.

Apesar disso, Sanches tem uma carreira pra lá de ascendente. Ele jogou de 2007 a 2009 no Madureira. Em 2010, teve passagem pela tão gloriosa quanto equipe do Caborfriense para no ano seguinte retornar para o tricolor suburbano. Dois anos após a eleição de Patrícia o zagueiro entra em um período de testes no Flamengo. Curiosamente, o site do agente afirma que ele estaria no Atlético-PR este ano, clube que, segundo o diretor do Madureira, esteve interessado no atleta. 

Leo Rabello não é patrocinador de Patrícia Amorim só para este blog. Ele próprio já confirmou ao blog do jornalista da Placar Ricardo Perrone: “Sou sócio benemérito do Flamengo. Apoiei a Patrícia e todo mundo que apoiou doou dinheiro”. Há anos sem ligações com o clube, de 2010 para cá o empresário já colocou o meia Thiago Neves (com salários dobrados em relação ao que recebia no mundo árabe), o técnico Joel Santana e agora tem a chance de emplacar mais um jogador. O volante e zagueiro Rômulo, fora do clube desde 2007, também foi reintegrado ao elenco após passagens sem brilho algum por Paraná, Figueirense e Atlético-GO.

Atualização: o zagueiro foi contratado pelo Flamengo por um ano. Diga o que você pensa a respeito nos comentários.

0 comentários: