Há leituras diferentes para derrotas de Inter e Fla

Publicado  quinta-feira, 23 de fevereiro de 2012

Mesmo com a vitória da dupla Grêmio - Vasco, a verdade é que Internacional e Flamengo vivem momentos diferentes. O placar pode ser um obstáculo ou uma evidência, dependendo da leitura que você consiga ver dos dois times.

No caso do Flamengo, a derrota é a primeira em três anos para o rival e no Engenhão. É mais um fato que corrobora a pior gestão que o clube teve em anos. Patrícia Amorim recebeu um clube absoluto no cenário estadual, no topo do país, com ótimas perspectivas na Libertadores e maior patrocínio do Brasil (embora corintianos digam o contrário, vale descontar os valores que o clube recebia descontados da comissão de Ronaldo). Caminha para entregar o clube no pior cenário carioca em anos, sem nenhum título nacional e possivelmente fora da principal competição internacional mais um ano.

Além disso, ao perder para o Vasco e contratar o folclórico Joel Santana o Flamengo fracassa na busca decepcionante por mais um estadual para esfriar a oposição. Sem Taça Guanabara e dando tanta importância ao estadual, o Flamengo fatalmente dividirá as atenções entre Taça Rio e Libertadores, o que dificilmente resultará em duas campanhas dignas. Demitir Luxemburgo para preservar Ronaldinho passou um péssimo recado para elenco e a torcida rubro-negra, que a despeito da passividade das organizadas (algumas com líderes com relações eticamente promíscuas com membros da diretoria). A conta vem chegando.

Por outro lado, o Internacional é mais uma vítima do boato de que clássico não tem favorito. Mesmo com o melhor técnico no cenário nacional depois de Mano Menezes, o melhor elenco e pegando um adversário nitidamente enfraquecido e em crise, fracassou. Vanderlei que não é bobo, fez questão de falar na preleção e passar para os jogadores do tricolor gaúcho que estava de olho no jogo. Valeu a pena.

Apesar da derrota, dificilmente o Colorado pode temer que ela tenha consequências maiores. O Internacional não deve vencer a Libertadores, mas caminha para mais um ano forte onde deve continuar alçando vôos maiores que seu rival. O Grêmio pode se satisfazer com a vitória no clássico, mas isso ainda é pouco para o clube.

0 comentários: