Anderson Silva precisa se decidir

Publicado  segunda-feira, 29 de agosto de 2011

Você não pode reclamar da poluição se não se preocupa com o seu lixo e não tem condições de falar do trânsito se usa carro todos os dias da semana. São conceitos simples. Não podemos reclamar das consequências de ações que começamos.

Penso isso ao ler esta entrevista de Anderson Silva, chocado com as vaias que recebeu no UFC Rio. Vale o destaque:

Não é o time em si, é a combinação dos clubes estarem apoiando o esporte. Isso pode levar uma nova referência do esporte às crianças. A gente pode e consegue mudar muita coisa no nosso país. Não estamos aqui para defender a camisa de um time, mas para defender a bandeira do Brasil e buscar um futuro melhor pro MMA. Esse negócio de torcer contra e vaiar não é o caminho. Provamos hoje que o Brasil é uma potência do MMA.
Muito bem, Anderson. Seja bem vindo à paixão do futebol brasileiro onde queremos que a seleção jogue bonito e vença, mas no brasileiro vemos apenas o placar. As coisas são assim. Você assumiu a camisa do seu clube de coração, que não é visto com simpatia na cidade que deve sediar os próximos eventos. Não estranhe as vaias. Foi você que optou por defender um clube, quando poderia ser um ídolo nacional. Ainda dá tempo de mudar.

Como já disse antes: nada de bom para o UFC virá dessa união clubes - lutadores.

0 comentários: