Um ano sem Armando Nogueira!

Publicado  terça-feira, 29 de março de 2011


Mestre Armando Nogueira se foi há um ano. Ele que se não nascesse cronista, nasceria palavra. Não. Uma frase, talvez. Ainda é pouco. Quem sabe um verso? Não é isto, não é isto... Se não nascesse cronista, Nogueira talvez fosse crônica. Uma daquelas bonitas sobre futebol.

Porque se fosse crônica, ele ainda encantaria a todos mesmo que não fosse Nogueira. Mesmo que fosse só uma vez.

Mestre Armando Nogueira. Uma personificação tão forte do que é a beleza da crônica que seu primeiro nome era um verbo. Armando. Armou. Armará. Armamos todas as homenagens possíveis nessa data e ainda são rasas diante da falta do mestre. Que saudade.

Tudo começa com o verbo. E por Armando passa boa parte dos começos da nossa crônica esportiva, senão seus melhores momentos. Homenageie Nogueira lendo algumas de suas melhores citações. Porque a cada ano de sua partida, é mais um ano para revisitar sua alma.

0 comentários: