Rivaldo está de volta!

Publicado  sábado, 20 de novembro de 2010

Verdade seja dita, Rivaldo pode ter seus pecados como jogador, mas é o avesso do que vemos em jogadores hoje. Não é um metrosexual que posa com celebridades em boates como Cristiano Ronaldo e nem tampouco um astro viciado em orgias e autodestruição como Adriano. Nunca foi de se atrasar a treinos ou brigar com os companheiros.

Ele é uma espécie de antijogador para o torcedor Fifa Manager. Nunca foi de buscar o melhor lance de efeito ou de jogar para si. No início de carreira era um jogador moderno: apoiava e marcava. A partir do Palmeiras de 96 passou a jogar como um quarto homem que mais apoiava do que qualquer outra coisa. O time jogava para ele e Vanderlei Luxemburgo sabia que isso bastava.

Depois foi para a Europa e apesar de um ou outro problema nunca precisou de entrevistas polêmicas para chamar atenção. Titular absoluto em 2002, foi esquecido em 2006. Pena. Talvez precisássemos de um bem-comportado Rivaldo ao invés de tantos boêmios. Pessoalmente, nunca fui fã de Rivaldo, mas gostei de seu retorno ao Brasil. Quem sabe não teremos um exemplo melhor para nossos jogadores?

0 comentários: