Por que o Botafogo 2010 não é o Flamengo 2009?

Publicado  domingo, 21 de novembro de 2010

Houve algum momento neste campeonato em que o alvinegro tinha espaço e uma tabela favorável para uma arrancada tão avassaladora quanto a de seu rival em 2009. Porém, o Botafogo perdeu o rumo, as chances de título e tornou uma disputa pela Libertadores, algo inédito há anos, quase impossível. Os motivos têm explicação na falta de ambição das últimas gestões do clube.

Em boa parte do campeonato, Joel Santana contou com uma defesa sólida, a velocidade de Maicossuel e Jóbson e a presença de área de Loco Abreu. As opções comuns no banco como Edno e Fahel encaixavam bem no time, mas demonstraram a fraqueza do elenco botafoguense a partir da contusão do Mago alvinegro e de Marcelo Mattos.

Há anos o Botafogo tem montado elencos medíocres e apostando em trabalhos pouco ambiciosos. Essa temporada a diretoria trabalhou e montou um elenco bem acima dos últimos anos. É torcer para manterem esse foco, dispensarem jogadores como Lúcio Flávio que representam uma era de vices estaduais e fracassos e que tragam novas referências.

O alvinegro deste ano ainda não é o que o torcedor quer, mas agora os botafoguenses sabem que o tamanho dos seus sonhos é da medida do brilho da estrela solitária. Desde que a diretoria continue ambiciosa. É mais do que se espera do Flamengo de Patrícia Amorim.

2 comentários: