Finalmente um ídolo!

Publicado  quinta-feira, 25 de novembro de 2010

Mesmo nos anos em que o Botafogo encantava o Brasil com times ofensivos e bem articulados, a torcida cantava o nome de Cuca e de jogadores que não faziam jus à sua história. O amigo Marcelo Tavela chegou a falar que o time de 2007 era melhor do que o campeão brasileiro de 95, naquela época. Ainda assim, não havia ídolos. Lembro bem de discussões bizarras com outros botafoguenses que pediam até mesmo a convocação do mediano Lucio Flávio para a seleção. Garrincha teria espamos.

Esse ano algo mudou. El Loco chegou. O centroavante do Uruguai não é brilhante e nem iria à uma Copa do Mundo pelo Brasil, mas tem personalidade para cobrar pênaltis, gritar com os companheiros e mostrar cojones à torcida como forma de exibir os brios.

2010 não será um ano tão bom para a torcida botafoguense quanto poderia. Mas o que fica desse ano é a chegada de um ídolo. Tulio Maravilha tem seu herdeiro e ele promete deixar muitas alegrias como legado. Resta saber se nos próximos anos, Loco Abreu será tão solitário quanto o símbolo do clube.

1 comentários: