Ôoo... A seleção voltou!

Publicado  quarta-feira, 11 de agosto de 2010

Não era difícil. Só Dunga não sabia como. Seleção Brasileira? Jogando bonito? Não há tarefa mais fácil, mas é preciso coragem. Coragem de jogar o que sabe, coragem de se impor e coragem de se preocupar mais em ganhar do que em não perder. Mano Menezes tem coragem.

A seleção que jogou hoje é uma síntese dos sonhos de todo técnico. É jovem, moderna, ofensiva e, acima de tudo, corajosa. É cedo para fazer previsões, mas o Brasil enfrentou a melhor seleção que os EUA já criaram. Jogadores mais experientes, entrosados e também com vocação ofensiva. Saíram todos satisfeitos com o 2X0. Todos os americanos, porque o domínio do Brasil foi avassalador, incontestável e digno de gente grande e de uma goleada. E essa é uma lição para Dunga: meninos jogaram como homens e sem serem uma panela.

É apenas o primeiro passo, mas Mano conseguiu o que Dunga não conseguiu dar ao seu time: coragem e personalidade. Além disso, o conhecimento pelo futebol mundial ao aderir a tendência mundial do 4-2-3-1 (Esquema que usou no Corinthians de 2009) ao invés de um insípido 4-3-1-2. Serão dois zagueiros, dois laterais, dois volantes e três criadores atacando, armando e defendendo. A brecha pode estar no comando do ataque. Pato ainda é pouco incisivo e André ainda precisa ser mais testado. Pode ser que Adriano, Luiz Fabiano e Fred ocupem esta posição, mas eu apostaria minhas fichas em Nilmar.

De qualquer jeito, é bom voltar a ter prazer e expectativa por um jogo da seleção. No twitter e em outras redes sociais, todos aguardavam ansiosos o jogo. É ótimo ver a camisa amarelinha nossa de novo. O Brasil voltou. Viva o Brasil.

0 comentários: