A França dá o exemplo!

Publicado  quinta-feira, 24 de junho de 2010


Mesmo antes do desembarque de Les Bleus em solo francês, o presidente Sarkozy exigia que nenhum prêmio fosse oferecido para os jogadores. A ministra de esportes ignorou as afirmações do presidente da Federação de Futebol do país e afirmou que sua demissão é inevitável. A França não está disposta a esquecer o papelão que sua seleção fez.

Menos de uma semana depois da campanha pífia que a vice-campeã do mundo fez, marcada por cortes de jogadores, boicotes a treinamento e uma eliminação digna de piadas, o país reage para defender seu patrimônio cultural. E não é o Brasil, cuja identidade está irremediavelmente associada ao esporte, mas a França onde a culinária, cinema e outras artes exercem o maior fascínio do mundo.

Por que não fizemos o mesmo? Por que permitimos que Ricardo Teixeira se mantenha a frente da CBF? Por que não exigimos de cada jogador mais após o fracasso de 2006? Por que escolhemos a solução fácil de escolher um nome para resolver tudo, como se existissem soluções fáceis.

Por que é a França e não o Brasil que dá o exemplo?

3 comentários: